O comediante Trevor Noah pede desculpas por fazer piada sobre a crise Índia-Paquistão

Trevor Noah no Daily Show

O comediante Trevor Noah disse que lamenta ter zombado da recente escalada das tensões entre a Índia e o Paquistão.



Noah, apresentador do premiado Daily Show, disse em um episódio recente que uma guerra entre os dois países com armas nucleares seria 'a mais divertida', acrescentando que 'também seria a guerra mais longa de todos os tempos - outra dança número!'

A mordaça causou indignação na Índia, onde milhares de pessoas acessaram o Twitter para compartilhar como ficaram chateadas com seus comentários. Alguns até rotularam o comediante sul-africano como 'racista' e 'insensível'.

Respondendo a um usuário do Twitter que disse que Noah zomba da guerra por meio de um estereótipo de Bollywood e o lembrou que sua mãe foi baleada na cabeça pelo marido (padrasto de Trevor), Noah escreveu:

Na verdade, se você observar minha postura, verá que eu fiz piadas depois que minha mãe levou um tiro na cabeça. Como comediante, uso a comédia para processar a dor e o desconforto em meu mundo, mas lamento que isso tenha magoado você e outras pessoas, não era isso que eu estava tentando fazer.

O comediante então passou a compartilhar sua incredulidade em como minha piada sobre o conflito na Índia e no Paquistão tendia mais do que a história do conflito em si.

Às vezes parece que as pessoas ficam mais ofendidas com as piadas que os comediantes fazem sobre um determinado assunto do que com o assunto em si, acrescentou.

Noah, filho de mãe que fala xhosa e pai suíço-alemão, cresceu no município de Soweto, na África do Sul. Ele alcançou a fama em 2015 como a escolha surpresa para sediar o show noturno de sátira, assumindo após a celebração de 16 anos de Jon Stewart.

As tensões entre a Índia e o Paquistão dispararam após as incursões indianas no espaço aéreo do Paquistão e o subsequente abate de duas aeronaves indianas pela Força Aérea do Paquistão na semana passada.

Recomendado